22.9.09

PSB vai virar azul?

Matéria assinada por Ana Maria Campos no Correio Braziliense de hoje avisa: PT e PSB não se aliarão no DF.

Confirmando-se a candidatura presidencial do deputado Ciro Gomes, nada mais natural. Afinal de contas, o PT também não deve apoiar as reeleições de Cid Gomes e Eduardo Campos no Ceara e no Pernambuco, respectivamente.

Mesmo não havendo mais a tal verticalização, que engessava as alianças estaduais de acordo com a disputa nacional, quem tem candidato a presidente tende a lançar candidatos nos estados para ajudar a puxar votos.

O que não dá é pro deputado Rodrigo Rollemberg (PSB) querer culpar o PT pelo "racha". Ao que tudo indica o PT vai lançar o ex-ministro Agnelo Queiroz para a eleição a governador e o deputado Geraldo Magela (PT), saindo da disputa com Agnelo, deve ser candidato a senador.

Pronto.

Isto faria com que as duas vagas para senador e a vaga de vice-governador deixassem de estar disponíveis para a negociação e inviabilizaria a aliança PT-PSB.

Rollemberg queria lançar dois candidatos a senador do PSB? Ele e o Rogério Ulysses? É isso?

Menos deputado, menos.


Roriz e Rollemberg

Agnelo e Gim Argello apoiarão Dilma, Arruda apoiará Serra. Qual candidato apoiaria Ciro Gomes? Reguffe, como já disse, deve ficar de mãos abanando. As opções seriam uma candidatura própria do PSB ou Joaquim Roriz.

Esdrúxulo? Há um certo tempo seria, mas não é mais.

Numa recente conversa entre Rollemberg e Rori uma possibilidade estranha acabou sendo ventilada. Roriz, filiado ao PSB ou noutro partido que se coligasse com o PSB, seria candidato a governador com Rollemberg sendo lançado ao Senado e para garantir que o partido cumprisse a cláusula de desempenho no DF, Jaqueline Roriz seria candidata a deputada federal pelos socialistas?

Pura especulação? Espero.

Nenhum comentário: