DEPOIS DA COPA A GENTE CONVERSA


O deputado fascista que hoje lidera as pesquisas não chegará ao segundo turno e metade de quem hoje diz apoiá-lo terá vergonha de ter pensado em votar nele.
Seu apoio vem de uma justa, porém difusa, sensação de indignação que todo brasileiro tem, mas passado o São João e a Copa do Mundo o debate começará de verdade e o eleitor será obrigado a encarar o constrangedor despreparo deste senhor.
Candidatos com algum currículo e preparo já se movimentam para herdar estes votos.