6.9.11

Um encontro para a História. Do PT e do país

Do blog do comandante Zé Dirceu

Image
A reforma dos estatutos do PT e as resoluções aprovadas no 4º Congresso Nacional do partido realizado no fim de semana, em Brasília, constituem, além de um roteiro completo para as práticas partidárias nos próximos anos e eleições, o mais completo elenco de propostas e programas avançados aprovados no país nos últimos tempos, além de contemplar o que de mais prioritário reivindicam o país e a sociedade brasileira.


São muitas, e amplas, as mudanças aprovadas e incorporadas aos novos estatutos: nas filiações; nas finanças, com medidas que dão autonomia financeira ao partido; no fundo de financiamento das campanhas; na renovação dos mandatos e reeleições -  principalmente a limitação no número de mandatos; na participação das mulheres - agora, com os 50% aprovados, adotamos a paridade e homens e mulheres participam em condições de igualdade; nas cotas de participação racial de no mínimo 20% nas chapas e direções partidárias; e na cota de percentual de 20% estabelecida para a participação dos jovens.


Image
Como vocês veem, na prática, são todas medidas para democratizar e renovar o partido, que estabelecem condições de igualdade nas eleições internas para os candidatos e chapas, sem contar que as inovações contemplam, também, mais investimentos em formação política e comunicação, e regras para evitar a filiação em massa sem critérios.



De todas as resoluções e medidas aprovadas, não podemos deixar de destacar, dentre as principais, a resolução política de apoio integral e irrestrito ao governo Dilma Rousseff e a definição das bandeiras do PT no momento, como as reformas política, administrativa e tributária como formas de combate à corrupção, a proposta de discussão da regulação da mídia e o apoio ao piso salarial nacional para os professores, instituído pelo governo Lula, mas ainda não cumprido por boa parte dos Estados. A exemplo do Estado tucano das Minas Gerais.


Leia a íntegra da Resolução Política do 4º Congresso Nacional do PT aprovada neste domingo.

Nenhum comentário: