9.6.09

PSB e PT começam a união da esquerda do DF

Membros das executivas regionais do PSB e PT se reuniram hoje e se mostraram com disposição de estarem juntos nas próximas eleições locais.

O deputado federal Rodrigo Rollemberg (PSB) falou da simpatia que seu partido tem pelo nome do ex-ministro Agnelo Queiroz para concorrer ao governo do Distrito Federal.

Porém, há três figuras querendo melar esse acordo.

O deputado distrital Rogério Ulysses é filiado ao PSB, mas extremamente alinhado ao governador Zé Arruda. Ulysses inclusive tem indicados no governo, como o administrador regional da sua cidade-base, São Sebastião.

O deputado federal Geraldo Magela (PT) jura de pé junto que ainda é pré-candidato a governador pelo PT.

O deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) jura de pé junto que é pré-candidato à presidente da República.

Todavia, até segunda ordem, haverá a aliança no Distrito Federal e daqui a pouco as duas executivas lançaram nota pública reafirmando isso.

2 comentários:

Gabriel disse...

O melhor nome é o Cristovam Buarque. Porém, aí no DF tem que haver realmente um nome forte para não reeleger Arruda - que álias, não devia nem ter sido eleito

Kleber Vinicius disse...

Não entendi! Qual é o poder que o Ulysses tem para conseguir melar esse acordo?

Ele não tem nem voz na executiva no PSB.

O Magella, coitado, só está querendo se cacifar para senador, ninguém acredita nesse papo mais.