14.12.16

MORRE O CARDEAL DA ESPERANÇA

Dom Paulo com o boné do MST

Faleceu hoje o cardeal D. Paulo Evaristo Arns. Ícone dos setores progressistas da Igreja Católica, D. Paulo foi arcebispo de São Paulo por 28 anos, período no qual enfrentou a repressão da ditadura militar, combateu a tortura e defendeu a reabertura política.

Num dos momentos mais tensos dos anos de chumbo, o cardeal celebrou a cerimônia ecumênica em honra da memória do jornalista Vladimir Herzog, assassinado nos porões do governo.

Irmão da também falecida fundadora da Pastoral da Criança, Zilda Arns, D. Paulo disse ao completar 90 anos "Estou preparado. Não tenho medo, mas também não tenho pressa". Foi hoje, aos 95 anos, deixando um legado de luta pela Igreja e pelos mais pobres.

Nenhum comentário: