9.6.12

Oposição manda militante armado para inauguração no interior

O acirramento da disputa política em Chapadinha teve novo episódio preocupante na manhã deste sábado. 

As reinaugurações da Unidade Básica de Saúde e da U.I. Rosa Maciel, no povoado São José, transcorriam normalmente com a presença de autoridades e da população local quando um militante do grupo de oposição, que filmara o evento, puxou um facão escondido na roupa, ameaçou um segurança do deputado e começou uma confusão que por pouco não terminou em tragédia.

Presente ao evento e ameaçado de morte pelo líder da oposição, o deputado Magno Bacelar, reconheceu o direito do militante filmar o que quisesse e tranquilizou o rapaz durante o seu discurso. "Pode filmar, rapaz. Filme e leve tudo pra Belezinha", sendo saudado com uma salva de palmas pelos presentes.


Tragédia anunciada

O acontecimento já seria preocupante isoladamente, mas o fato de ter ocorrido depois de ameaças de morte e o reconhecido temperamento violento de militantes que já agrediram padre e adversários políticos em praça pública deve nos deixar todos preocupados.

Os líderes dos grupos políticos devem controlar os seus militantes e instrui-los ao respeito aos adversários e a disputa democrática durante a campanha antes que ocorra o pior.


Update às 16:50: Segundo relato de membro da oposição, a arma que o rapaz portava era apenas uma faca e ele a teria levado apenas por precaução. O Blogue está a disposição para qualquer esclarecimento das partes e aproveita a oportunidade para repudiar qualquer agressão física, principalmente na disputa política.

Nenhum comentário: