10.5.11

Jovens estudam mais e adiam emprego

Caiu em 27%, nos últimos oito anos, o percentual de jovens de 15 a 17 anos ocupados ou buscando emprego no mercado de trabalho nas seis maiores regiões metropolitanas do país: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Salvador e Porto Alegre.

A pesquisa foi feita e divulgada pelo IBGE. Na avaliação do instituto, este é o indicativo mais forte de que os adolescentes brasileiros estão estudando mais e retardando sua entrada no mercado de trabalho (leiam, também, o post  acima).

A principal causa da mudança de comportamento dos jovens, de acordo com o IBGE, é a valorização da educação num ambiente profissional cada vez mais competitivo.

Contribuíram decisivamente para esta mudança a expansão da renda nos últimos anos - o que permite que os pais sustentem os filhos por mais tempo. Também, políticas públicas como as representadas pelo Bolsa Família, que exige que os beneficiários estudem e permaneçam mais tempo na escola.



Fonte: Blog do Zé Dirceu

Nenhum comentário: