31.5.11

Governo Danúbia mostra melhorias e vai deixando oposição sem discurso

Três meses depois dessa foto, o governo tem melhorado
Quando assumi a Secretaria Municipal de Assistência Social de Chapadinha declarei no meu discurso de posse que o PT havia decidido pela composição com o governo Danúbia Carneiro não pode concordar com tudo que acontecera até ali, mas examente para ajudar a melhorar .

Pois bem, passados de três meses, é inegável que o governo melhorou. Não apenas nas áreas de Trabalho e Assistência Social, que o partido passou a comandar, mas em praticamento todos os setores da administração pública municipal.

A prefeitura tem cuidado melhor da nossa cidade. Basta ver as obras em andamento, a organização do trânsito, as sinalizações, a presença mais constante da prefeita nas ruas conversando com a população e o planejamento para a recuperação das avenidas e das estradas vicinais. 

Além da entrada do PT, a de se destacar também o ingressos de outras importantes lideranças políticas como o ex-presidente da Câmara Municipal, Dr. Carlos Henrique Marques, a ex-vice-prefeita Joana Leal. Além, também, da repactuação política com o vice-prefeito Antônio Prata.

O grupo que apóia o atual governo se reoxigenou e parece já diminuir o excesso de ânimo dos membros da oposição que achavam que a vitória seria fácil nas eleições do ano que vem. Ganhe quem ganhar, não será fácil pra ninguém. [Até rimou]

E se engana quem acha que a renovação no governo acabou. Os principais dirigentes do grupo têm procurados outras lideranças que orbitam em torno da chamada 3ª via e os diálogos, segundo relatos, têm sido bem proveitosos. Mais novidades ainda estão por vir.

A Criança e o Direito de Brincar

*Roberto Mauro Gurgel Rocha

O dia 31de maio além de representar o encerramento do mês dedicado à Maria, mãe de Jesus é igualmente consagrado à comemoração do direito de brincar, certamente um dos direitos humanos mais específicos da infância.

Lamentavelmente, quando se fala do brincar, associa-se a ideia somente ao lazer, ao lúdico e se secundariza a questão do aprender, um aprendizado da própria vida. Anísio Teixeira, prefaciando a obra Vida e Educação de John Dewey o célebre filósofo e educador norte americano, destacava como pontos basilares de sua obra pedagógica que “não deve haver nenhuma separação entre vida e educação. As crianças não estão, num dado momento, sendo preparadas para a vida e, em outro vivendo.”
E alertava para o fato de que “vida em condição integral e educação são o mesmo” e enfatizava que:

“a escola deve assumir a feição de uma comunidade em miniatura, ensinado em situações de comunicação de umas as outras pessoas, e de cooperação entre elas visando propósitos comuns.”

Prestando bem atenção a forma como as crianças aprendem durante a primeira infância e sobre todo o processo da vivência de suainfantil, verifica-se que o brincar tem uma dimensão educativa bem maior que os momentos da educação formal, sisuda, rotineira e, em alguns casos, até deseducadora que se observa em muitas escolas em outros níveis e modalidades da educação básica e na educação superior...

O brincar é para criança, é o momento de aprender a viver, a conviver, é a experiência livre de descobrir o mundo, sendo o momento em que aprende a interpretar sua realidade em seu nível de observação, em síntese, a ver, julgar e, em decorrência ao agir...

Muitos dirão que se está diante de uma visão exagerada e irreal da importância do brincar. Indubitavelmente, esta é a visão da quase totalidade dos que estãoinseridos no mundo dos adultos. A rotina da vida, a roda viva das responsabilidades da cidadania, levam ao cidadão comum a esquecer que ele também tem o direito ao brincar e se não utilizar o equilíbrio entre o trabalho e o se divertir, tem como consequência o estresse, a falta de ânimo e a perda de sentido do direito de viver. Deve-se reconhecer no brincar o exercício da alegria.

Mas, voltando às crianças, certamente se elas a partir de sua mais tenra idade pudessem se organizar, fazer passeatas, greves ou outras formas de reinvindicações, pediriam condições apropriadas ao exercício de seu direito de brincar, brincar alegres e felizes. Reivindicariam em seus bairros, no entorno de suas escolas, tanto na zona urbana como rural, a existência de praças, de espaços para o exercício de desportos, bibliotecas infantis, ludotecas ou brinquedotecas, enfim locais onde possam viver efetivamente e com prazer a articulação entre a vida e a educação/aprendizado. E os municípios maranhenses precisam bastante de avançar na criação desta estrutura lúdica básica para um aprender a viver feliz...

Leve-se em conta em relação ao direito ao brincar, o que estabelecem as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil, fixadas pela Resolução nº 5, do Conselho Nacional de Educação, em 17 de dezembro de 2009, que em seu Art. 8º, estabelece:

“A proposta pedagógica das instituições de Educação Infantil deve ter como objetivo, garantir à criança acesso a processos de apropriação, renovação e articulação de conhecimentos e aprendizagens de diferentes linguagens, assim como o direito à dignidade, à brincadeira,eà convivência e à interação com outras crianças.”

E no mesmo Artigo, em seu parágrafo 3º, inciso V, enfatiza como necessária a vivência de uma adequada pedagogia da infância, a importância de “prever a oferta de brinquedos e equipamentos que respeitem as características ambientais e sócio culturais da comunidade”.

É indispensável que se coloque em prática estas Diretrizes Nacionais para a Educação Infantil com seus 13 artigos, bem como, é indispensável que se definam Diretrizes Estaduais para o Maranhão e Diretrizes Municipais, em consonância com o que estabelecem a Constituição Brasileira e a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB, quando falam em Regime de Colaboração.

Quem sabe vivenciando a educação infantil em sua essência, valorizando o brincar, dando condições à existência de diferentes espaços educativos, não se estará tomando medidas preventivas contra a violência, a falta de um saber cuidar do mundo e de seus seres vivos? Acredita-se que assim se estará trabalhando por uma educação para a paz, a favor da defesa do meio ambiente, formando seres felizes, e que trabalhem na direção da construção de um mundo novo mais justo e humano...

Viva o Dia Internacional pelo Direito de Brincar.

*Roberto Mauro Gurgel Rocha: Vice-Presidente da Organização Mundial para a Educação Pré-Escolar d Brasil, Membro do Conselho Estadual de Educação do Maranhão.

30.5.11

Carta à Juventude e ao PT

Valdemir Pascoal

É com muito orgulho que, hoje, escrevo este texto. Não é sempre que um jovem, vindo da periferia de Cuiabá, passando por todas as dificuldades que passei na vida, chega até onde cheguei: Secretário Nacional da Juventude do PT.

Sempre que ouço os discursos de nosso eterno presidente Lula, falando da dificuldade de sua vida e a de muitos brasileiros, sinto como se ele estivesse se referindo a mim e a história de minha família. Minha mãe, militante histórica do PT do Mato Grosso, também sente isso. E nos orgulhamos muito.

E isso tudo me dá claros sinais. Sinais de que esta oportunidade que o destino me dá não pode ser jogada fora. Sinais de que a Juventude do PT ansiou por mudanças, como as que ocorrem no Brasil. Sinais de que os avanços na discussão do “tema juventude” não podem parar. E não vão, no que depender deste companheiro.

Os que me conhecem sabem que sou uma pessoa de compromisso e muito trabalho. São essas duas características de minha personalidade que ofereço ao PT e ao Brasil. Assumo desde já o compromisso de realizar uma gestão que inclua todas as representações internas e de segmentos sociais que compõem nossa Direção. A Juventude do PT só pode ser chamada assim se de fato os jovens do PT a compuserem. É tarefa nossa romper a barreira entre dirigentes da juventude e a base desta, e dialogar amplamente com todos os jovens, nos quatro cantos do país.

Assumo ainda mais compromissos. Vamos, junto com a Direção da JPT nas agendas internas e externas que teremos, aumentar nossa participação numérica e politicamente em todas elas.  A JPT precisa e deve estar inserida no movimento social e, acreditem, estaremos.

O I Congresso da Juventude do PT representou um avanço imensurável na organização da JPT nos estados e municípios. Portanto, nosso maior desafio, sem dúvida, é organizar um II Congresso maior e melhor, ou seja, menos eleitoral e mais politizado, e que possibilite a manifestação de toda a diversidade dos delegados vindos dos 26 estados, mais o Distrito Federal. O II Congresso deve ser também um encontro do Brasil Petista, de troca de experiências e realidades, onde todos e todas saiam ganhando.

Por fim, esta frase do Presidente Lula, escrita em 28 de outubro de 2002, sintetiza meus pensamentos e sentimentos: “Meu coração bate forte. Sei que estou sintonizado com a esperança de milhões e milhões de outros corações. Estou otimista. Sinto que um novo Brasil está nascendo.”

Um forte abraço a todos que sonham. É com eles que iremos caminhar em nossa gestão.


Valdemir Paschoal é secretário nacional da Juventude do PT

27.5.11

Time da zona rural garante vaga na final do futsal nos JECs 2011

Por William Fernandes


O time de futsal infanto da escola Siqueira Campos, do povoado São José, venceu hoje à tarde, no estádio Lucídio Frazão, o da Escola Amélia Mendes, do bairro Areal, por 2 a 0 e garantiu vaga na decisão. Os gols foram marcados no primeiro tempo, por Adão Ferreira e Eurimar Oliveira. O adversário do Siqueira na decisão sairá da outra semifinal que acontece amanhã, entre Paulo Ramos(rede estadual) e João Gomes(municipal).

O Siqueira Campos já derrotou o Paulo Ramos, na primeira fase, por 3 a 1. A equipe é treinada por um dos proprietários da localidade, o Zé Encrenca. A equipe feminina do Siqueira Campos também está classificada para a final, mostrando a força do esporte naquela escola da zona rural. O Adversário do Siqueira no feminino é o time do Manoel José de Santana.

Todas as finais do futsal vão acontecer no sábado, 4 de junho, a partir das 14h, no estádio Lucídio Frazão. 

A partida de hoje contou com um público de cerca de 200 torcedores e foi apitada por Jadílson Oliveira. Miguel Vitorino é o coordenador do futebol de campo, auxiliando o secretário de esportes Edmílson Santos.

MOBILIDADE URBANA E O TRÂNSITO DE CHAPADINHA

Por Herbert Lago Castelo Branco, com grifos do Blogue


Os Chapadinhenses têm manifestado cada vez mais preocupações com os deslocamentos diários. Não é para menos: acidentes de trânsito, protestos por melhores salários, falta de estacionamentos e pequenos engarrafamentos constituem pesadelo diário para quem vai de casa à escola, ao banco, ás compras etc.


Tal situação não chega a surpreender, infelizmente. O fato é que Chapadinha jamais foi pensada estrategicamente com planejamento e visão de futuro no que tange a uma adequada política de mobilidade.

Parabenizo a iniciativa da Prefeita Danúbia Carneiro, na tentativa de reorganizar o trânsito de Chapadinha com a colocação de mais semáforos e placas de sinalização, mas numa cidade que cresce a taxas superiores à média estadual, é um equívoco vislumbrar a política de mobilidade urbana sem um Plano Diretor de Transporte Urbano e Mobilidade, pautada somente em sinalização e asfaltamento de vias públicas. É preciso pensar nas pessoas, na economia, nos meios de transporte e em investimentos em infraestrutura, tais como: calçadas e ciclovias, em busca de um desenvolvimento urbano sustentável.

Devemos organizar nossos espaços adequadamente, para tanto, é fundamental que as oportunidades de emprego e negócios não fiquem restritas às áreas centrais de Chapadinha.

Pensar em postos de trabalho nas regiões periféricas é trabalhar na solução de problemas sociais e urbanos. A expansão geográfica da atividade econômica melhoraria a qualidade do ar e reduziria o fluxo de veículos no centro da cidade. Além disso, Chapadinha precisa de um sistema cicloviário que incorpore definitivamente as bicicletas como meio de deslocamento viável e seguro. Nossa cidade é plana e bem arborizada, não pode ser considerada a cidade inimiga dos pedestres. A construção de calçadas mais amplas e seguras favorece o deslocamento, além do respeito devido às pessoas com mobilidade reduzida – grávidas, idosos, pessoas com deficiência. Calçadas adequadas podem estimular o morador a deixar o carro ou a moto em casa em vez de utilizá-los para deslocar-se ao comércio local, à escola, à igreja ou ao banco.

Temos que transformar os investimentos em infraestrutura em um legado duradouro para toda a sociedade.

Governo e SINPROESEMMA voltam a negociar



Uma reunião, com presença do vice-governador Washington Luiz Oliveira, dos secretários Olga Simão (Educação), Rodrigo Comerciário (Articulação Institucional) e da diretoria do Sindicato dos Trabalhadores da Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) marcou a instalação da mesa permanente de negociações, nesta quarta-feira (25), no Palácio Henrique de La Rocque. A iniciativa do Maranhão é de vanguarda no país como modelo de cooperação entre Estado e sociedade civil organizada.

Ao abrir a reunião de trabalho, Washington Luiz destacou que a mesa é uma nova ferramenta de trabalho para buscar uma relação saudável entre governo e sindicato com a finalidade de valorizar os profissionais de educação, para garantir ensino de qualidade nas escolas da rede estadual.

Durante as reuniões, que acontecerão sempre às quartas-feiras, até o mês de dezembro, serão tratados temas relevantes como a implantação do piso salarial nacional dos professores, o Estatuto do Educador e a reposição das aulas do ano civil letivo de 200 dias.

A secretária Olga Simão, que estava acompanhada de uma equipe de assessores adjuntos da Seduc, ressaltou que a mesa permanente de negociações é um novo modelo implantado de forma pioneira no Maranhão, para aprofundar as relações entre a Seduc e o Sinproesemma. “Este modelo é de responsabilidade de todos. É uma nova forma de negociação para consolidar um pacto com todos os entes federados”, destacou a secretária.

Olga Simão destacou a participação do vice-governador Washington Luiz na formação da mesa e ressaltou que o seu envolvimento neste trabalho é uma forma de valorização dos educadores, a fim de oferecer educação de qualidade.

Para o presidente do Sinproesemma, Júlio Pinheiro, a implantação da mesa gerou um clima de expectativa na categoria, principalmente porque serão tratados temas específicos como a implantação do Estatuto do Educador e o piso salarial nacional dos professores.

A reunião de trabalho contou com a presença dos secretários adjuntos da Seduc, Ivana Aparecida Colvara de Sousa (Planejamento e Orçamento), Luís Fernando Silva (Gestão Institucional), Graça Tajra (Ensino), e dos gestores Leuzinete Pereira (Educação Básica), Narcisa Enes Rocha (Currículo) e Sônia Maciel (Unidade Regional de Educação de São Luís). No encontro, foi estabelecido o calendário de reuniões até dezembro e também as comissões temáticas, para tratar de questões pontuais. As informações são da SECOM/MA.

Prefeitura realiza obras na ladeira do Angelim e no Centro de Chapadinha

Por WILLIAM FERNANDES
CHAPADINHA



A prefeitura de Chapadinha está realizando obras na ladeira do Angelim, na entrada da cidade. Estão sendo construídos calçada, sarjeta e meio-fio. A sinalização horizontal já foi iniciada e será concluída assim que a outra obra terminar.

Hoje pela manhã, a prefeita Danúbia foi até o local conferir como está o andamento dos trabalhos e visitou várias casas que ficam às margens da avenida. Dona Maria das Dores de França, de 65 anos, mora há sete naquela área e disse estar muito feliz com a obra, pois todos os anos, no período chuvoso, ela tinha medo de sua casa ser destruída pela erosão. 
Outros moradores disseram o mesmo e agradeceram à prefeita pela obra que está trazendo melhores condições à comunidade.
Ainda pela manhã, Danúbia visitou a praça da Bíblia, onde está sendo realizada a obra de reorientação do trânsito e a nova sinalização no Centro da cidade. “Ouvimos a sociedade e estamos reorganizando o trânsito, com reformas de praças e avenidas. Vamos colocar mais sinais de trânsito e asfaltar as ruas do Centro. Vamos fazer também o calçadão na avenida Oliveira Roma. Com certeza a comunidade vai ficar satisfeita com as mudanças”, disse a prefeita.

Danúbia disse ainda que gostaria de ter feito todo essa trabalho antes, mas foi impedida por problemas herdados de administração passada. “Todo mundo gosta de uma cidade limpa e asfaltada, mas infelizmente passamos por várias crises financeiras consecutivas. No ano passado, por exemplo, tivemos R$ 1 milhão e duzentos mil retidos na conta, sob a forma de precatórios, para pagar dívidas da administração nos anos de 1997 a 1999. Com esse dinheiro poderíamos asfaltar vários quilômetros de ruas em Chapadinha. Mas, mesmo com estas dificuldades, vamos conseguir realizar as obras que o povo deseja”.


Governo federal vai construir creches e quadras esportivas


Brasília – O governo federal assumiu o compromisso de construir 138 creches, 254 quadras esportivas escolares e a distribuição inicial de 30 mil bicicletas para crianças que moram longe da escola. Em cerimônia hoje (26), no Palácio do Planalto, foi assinado pela presidenta Dilma Rousseff o termo de compromisso que prevê as obras e o investimento necessário.

Em seu discurso, Dilma afirmou que as iniciativas integram a estratégia do governo de priorizar a educação. “Esse ato inicia claramente o nosso compromisso com as condições que são necessárias para que educação seja uma experiência não apenas ligada ao saber, mas também às práticas esportivas e ao lazer”, disse.
A construção das creches, em 83 municípios, totalizam investimentos de R$ 154,3 milhões. Já as quadras esportivas beneficiarão 249 municípios e estão orçadas em R$ 216,9 milhões. As escolas e creches serão construídas com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2) e a iniciativa faz parte do Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (Proinfância).
O ministro da Educação, Fernando Haddad, destacou que as quadras nas escolas irão incentivar a cultura da educação física e do esporte em um país que vai ser sede das Olimpíadas de 2016. Foram também doadas 30 mil bicicletas e capacetes a prefeituras de 81 municípios brasileiros para crianças que moram longe das escolas como parte do programa Caminho da Escola.
As bicicletas começam ser distribuídas primeiro em áreas rurais e para municípios de até 20 mil habitantes. Até o final de 2011, essa distribuição deverá chegar a 100 mil bicicletas e 100 mil capacetes para 300 municípios do país. A previsão é de que sejam investidos R$ 8,9 milhões nessa primeira ação e mais R$ 21,1 milhões ao longo de 2011.
Um estudo do Ministério da Educação (MEC) apontou que um número considerável de crianças brasileiras percorre a pé, diariamente, distâncias entre 2 e 12 quilômetros, de casa até a escola ou até o ponto de embarque do transporte escolar.
Além do presidente do Senado, José Sarney, oito ministros acompanharam a presidente Dilma no anuncio dos novos programas.

20.5.11

Secretário do trabalho entrega moto ao SINE de Chapadinha

O Secretário Estadual de Trabalho e Renda, José Antonio Heluy, esteve em Chapadinha na manhã dessa quinta-feira, 19, para realizar a entrega de uma motocicleta a agência local do Sistema Nacional de Emprego, SINE.

A solenidade aconteceu no próprio órgão e contou com a participação de secretários municipais, parlamentares, membros do SINE, a gestora municipal Danúbia Carneiro, e ainda alguns jovens que foram recentemente selecionados para compor o quadro de funcionários da rede de lojas Novo Mundo, em breve em Chapadinha.

O evento foi conduzido pelo Secretário Municipal de Trabalho e coordenador do SINE, Zezinho Lima, que agradeceu pelo recebimento do veículo e endossou a importante parceria entre município, órgão e o Partido dos Trabalhadores, PT. Zezinho fez questão de mencionar os excelentes resultados conquistados, desde a implantação da agência no município, ainda em 2009, aos dias atuais.

Em entrevista o secretário destacou que a doação de uma moto para o SINE, ato que para alguns pode parecer pequeno, irá possibilitar melhorias significativas na prestação de serviços, beneficiando não apenas Chapadinha, mas, toda a região. Zezinho afirmou que haverá melhorias na estrutura da agência, possibilitando aos trabalhadores um ambiente moderno e adequado para atendimento. O objetivo é fazer com que o trabalhador sinta-se valorizado.

No uso da palavra a prefeita municipal, Danúbia Carneiro, destacou a chegada de vários investimentos para o município de Chapadinha, além das perspectivas para instalação de grandes indústrias, como uma unidade fabril da Suzano. Segunda Danúbia Carneiro o quadro atual reflete grandes mudanças ocorridas em Chapadinha, mudanças essas que tiveram inicio há pelo menos 10 anos, quando um grupo político teve a coragem de romper o estado alarmante em que Chapadinha estava.

A prefeita disse que a estabilidade financeira do município é a principal responsável pela chegada de investimentos a nossa cidade, destacando que esse crescimento depende de todos os seguimentos, principalmente da parceria Estado e município. Para ela Chapadinha foi uma das cidades Maranhenses que mais foi prejudicada com a política partidária dos últimos anos.
Prefeita e José Antonio Heluy reafirmando a parceria entre estado e município

Secretário José Antonio Heluy
O Secretário do Trabalho, José Antonio Heluy, fez um pronunciamento voltado às últimas conquistas do governo do Estado, ressaltando que isso é resultado do modo “Petista” de governar, que tem possibilitado grandes avanços em toda a estrutura do governo.

José Antonio Heluy endossou a importância da participação do PT no governo municipal e elogiou o trabalho do SINE, anunciando ainda parcerias que estão sendo firmadas com o Ministério do Trabalho e Emprego, MTE, que visam facilitar a vida do trabalhador e oferecer ao público novos serviços como a expedição de carteiras de trabalho.
Nas imagens acima Zé Antonio Heluy entrega chave de motocileta e abaixo
uma funcionária do orgão pousa sobre o veículo
Em entrevista ele destacou que a doação de uma moto para a agência local do SINE é algo importante, pois facilita a locomoção na zona rural e urbana. Segundo o secretário com o empenho do governo do Estado todo o Maranhão está mudando de maneira considerável e Chapadinha, como polo regional, de localização estratégica, próxima a ferrovias e ao porto do Itaqui, e ainda economia sólida, atrai muitos investidores que farão com que em pouco tempo ele passe por um franco desenvolvimento.

Alguns secretários municipais presentes fizeram questão de deixar suas palavras, como o secretário de Desenvolvimento Social, também petista, Eduardo Braga, que parabenizou o SINE pelo recebimento desse veículo e enalteceu a aliança do município com o Partido dos Trabalhadores, PT.

Onésimo Garret- sec. Turismo, Enir Ferreira - sec. educação e Eduardo Braga - Sec. Desenvolvimento social
Antenor Ferreira

17.5.11

Acabou a greve dos professores da rede estadual

Vice-governador, peça chave para o fim da greve

A greve dos professores do Maranhão acabou. Após 77 dias de paralisação o Sindicato dos Trabalhadores na Educação Básica das Redes Pública Estadual e Municipal do Maranhão (Sinproesemma) suspendeu na tarde desta terça-feira(17) a greve geral da categoria após analisar e aprovar proposta enviada pelo governo desde a última quinta-feira (12) proposta do Governo.

A proposta é resultado do que foi discutido em reuniões de negociação que teve a coordenação do vice-governador, Washington Oliveira, junto com os secretários Olga Simão (Educação) e Rodrigo Comerciário (Articulação Institucional) e a diretoria do sindicato.

Na proposta o governo ratifica à categoria que mantém o compromisso de colocar em prática o piso salarial da categoria, determinado pelo Supremo Tribunal Federal, no prazo de até 30 dias, após o STF emitir o acórdão da sua decisão e o Ministério da Educação dar cumprimento ao disposto no art. 4° da Lei 11.738, de 16/07/2008.

Também reafirma o compromisso de envio do Projeto de Lei do Estatuto à Assembléia Legislativa, no prazo máximo de 60 dias após a publicação do Acórdão do STF, já que o novo Estatuto do Educador deverá, obrigatoriamente, observar a decisão terminativa do Supremo, ainda não proferida, em relação ao novo piso salarial.

Quanto à reivindicação do sindicato pela extinção da ação judicial, o Estado informou à categoria que já se comprometeu a encaminhar ao Tribunal de Justiça do Maranhão, conforme proposta encaminhada, no ultimo dia 03 de maio.

Quanto ao pagamento dos valores correspondentes às faltas descontadas, o Governo reafirmou que o fará em folha de pagamento suplementar no mês de junho de 2011, mediante compromisso da reposição integral de todas as aulas não ministradas no período da paralisação, obedecendo ao calendário escolar de 2011, que estabelece o término das aulas em 23/12/11. O Governo também assegurou o retorno de imediato dos professores remanejados, no período da paralisação.

“Fico feliz com o fim da greve. O negócio agora e trabalharmos todos juntos para minimizar os prejuízos aos estudantes causados pela paralisação das aulas. Tenho certeza que juntos conseguiremos cumprir o calendário previsto pela Secretaria de Educação que prevê o fim do ano letivo em 23 de dezembro de 2011”, disse o vice-governador Washington Luiz.

Documento - De acordo com o documento do Sinproesemma a direção comunica a suspensa da Greve Geral e já solicita que seja agendada reunião para discutir o cumprimento do calendário escolar e os demais itens acordados na proposta do governo.

Texto: equipe do blog construindo um novo Maranhão

Blogueiro entrevista o vice-governador



A "real polítik” tem destas coisas. Eleito vice-governador na chapa PT/PMDB Wasghinton Oliveira agora amarga ter que enfrentar os piores indicadores sociais do país. Sem o apoio do PT de Imperatriz, que diz não o querer ver nem “pintando de ouro”, Oliveira segue a orientação do campo majoritário que é de coligar com o PMDB. 
Cada um sabe a dor e a delicia de ser o que é. Cada um escolhe suas causas e assume seus valores. No MA o PT esta todo articulado ao sarneysmo, e uma frente começa a ser organizada pelo PSB, PCdoB e PDT, contra a hegemonia PT/PMDB.
Ontem, já bem tarde da noite, por volta das 00:03, através do facebook , fiz esta breve entrevista com o Vice-governador:


Vice-governador boa noite:
O que o senhor achou dos dados do IBGE sobre a questão da miséria? 25 7% da população maranhense vivem com menos de 70 reais.
O Maranhão é um dos estados mais ricos da federação. Esta riqueza está concentrada e o desafio é ter um programa desenvolvimentista com distribuição de rendas.
A burguesia é uma só no mundo e quer lucro em qualquer parte. A partir de 2002 iniciou-se no Brasil um projeto nacional que busca enfrentar o problema da desigualdade social e regional e o Maranhão estava desconectado disso. É preciso discutir como enfrentar o problema com um programa massivo de qualificação profissional, além disso, investir em educação. Investir na agricultura familiar e na pequena e média empresa

Outra questão: as eleições ano que vem apontam para dobradinha PT e PMDB, em sua opinião com fica o caso de Imperatriz que tem o PT ferrenhamente na oposição?
Vamos fazer alianças com o PMDB onde estas alianças ajudarem no projeto de governo do partido. Os filiados do PT em Imperatriz decidirão o que é melhor para Imperatriz e para o PT.
Quando falo em projeto de governo falo neste projeto desenvolvimentista e distribuidor de rendas.

Então O senhor acha que não corre risco de intervenção por aqui? Digo isso pelo fato deles (PT) estarem numa posição muito delicada com o campo majoritário... 
O PT não tem essa cultura intervencionista. Quem erra presta conta perante o povo. E os exemplos estão aí pra se ver.

A que o senhor credita essa rejeição do PT de Imperatriz ao senhor e a governadora? 
O PT fez uma aliança com PMDB tanto para presidência como para o governo do estado. Em muitos diretórios municipais a maioria apoiou a aliança seguindo decisão política do partido. Em ITZ que eu saiba o Diretório Municipal apoiou Flavio Dino. Alguns filiados, no entanto votaram conosco.
Não sei se dar pra você entender corretamente o que eu quis dizer OK?

Dá sim, sou acostumado com o este tipo de texto das redes sociais. Quero lhe lembrar que publicarei isso no blog.
Certo. É que não gosto de dar declarações confusas. Sem problema acompanho sempre seu blog.

Há uma forte tendência de o prefeito daqui buscar apoio no grupo político da governadora; ele é do PSDB, como o senhor avalia essa outra situação de Imperatriz?
O PT tem bons nomes em Imperatriz acho que devem sair com candidatura própria

Eu queria insistir nesse ponto: Madeira PSDB, apoiado por setores do governo PMDB/PT? O senhor não acha que o PT tem tido bastante a mera posição de vice em candidaturas historicamente de direita no MA?
Eu acho que o PT em Imperatriz deve sair com candidatura própria pelo que eu soube já tem até três pré-candidatos. Você acha mesmo que eu sou um mero Vice?

Acho que o Vice-governador Wasghinton, não só um "mero vice", mas nos dois sabemos que esta aliança PT/PMDB no MA tem favorecido mais o PMDB (direita). O senhor se considera politicamente, de esquerda ou de centro?
Sou militante desde os dezessete anos fui preso pela ditadura militar e vivi oito anos na clandestinidade, porque seria de centro se continuo na mesma militância lutando por um país democrático e socialmente justo?
Só tive dois partidos em minha vida o PCdoB que militei vinte anos e o PT já a quase trinta aliás mais de vinte, entrei no PT em 88 ou 89.

Centenas de estudantes participam do lançamento dos JECs 2011


Jovens fizeram festa na abertura dos JEC's 2011

Foi realizada na tarde da última sexta-feira (13), a solenidade de lançamento dos VI Jogos Escolares Chapadinhenses-JEC's 2011. A concentração dos estudantes teve início às 16h, na Praça Coronel Luis Vieira. Alunos de 12 escolas das redes municipal, estadual e particular de ensino, participaram da programação, que teve início às 18h, no Aldeota Clube. O evento, realizado pela Prefeitura Municipal de Chapadinha, acontece numa parceria entre as secretarias municipais de Esporte, Educação, Cultura e Assistência Social.

Estiveram presentes a prefeita Danúbia Carneiro, a presidente da Câmara Municipal, Márcia Gomes e vários e vários secretários municipais: Edmílson Santos (Esporte), Enir Lima(Educação), Eney Ponte, (Cultura), Eduardo Braga (Assistência Social), e Antonio do Nilo (Agricultura). Diretores de escolas e professores também participaram.

As delegações entraram uma a uma e foram bastante aplaudidas. Logo após a composição da mesa, houve a execução dos hinos nacional e do município de Chapadinha. A prefeita declarou abertos os VI JECs e logo em seguida, o estudante Eduardo Farias de Sousa, da escola municipal UI Sebastião Rodrigues Lobo, acendeu a tocha olímpica e deu algumas voltas no clube carregando a chama que simboliza o espírito esportivo.

Luis Henrique, aluno da Escola "O Pequeno Príncipe", eleito no ano passado o melhor atleta de futsal na categoria sub 12, fez o juramento. Depois, houve os discursos dos secretários municipais e da prefeita Danúbia.


A primeira escola campeã
Durante a cerimônia, houve um momento de muita agitação: a escolha da escola com a maior e mais animada torcida. A campeã, com um barulho ensurdecedor, foi a Unidade Integrada João Gomes, do Bairro Areal, que recebeu um belo troféu. A conquista foi muito comemorada por estudantes e professores da escola, que deram uma volta olímpica dentro do clube e tiraram uma foto com a prefeita. A escola UI Isaías Fortes (Bairro Tigela) ficou em segundo lugar.


Kits esportivos
Depois da solenidade, a secretaria municipal de Educação, Profª Enir Lima, numa parceria entre a SEMED com a Secretaria de Educação do Estado-SEDUC, entregou kits esportivos para as escolas da rede municipal de ensino. Cada kit era composto de 16 bolas de vôlei, basquete, futebol de campo e handebol.


Congresso técnico e início das competições
De acordo com o secretário de esportes, Edmílson Santos, o congresso técnico, em que serão entregues regulamentos e tabelas dos jogos, será realizado no dia 17 de maio, na secretaria municipal de educação. O início dos jogos está previsto para o dia 19.
 
Extraído do Blog do William

VI ENCONTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E JUVENTUDE


A inscrição para o VI ENCONTRO DE POLÍTICAS PÚBLICAS E JUVENTUDE pode ser feita através da ficha de inscrição disponibilizada no link abaixo.
Baixe o modelo, preencha os dados solicitados e envie para o e-mail:formacao@formacao.org.br
O Instituto Formação enviará uma mensagem eletrônica confirmando o recebimento de sua inscrição.
AS INSCRIÇÕES SERÃO GRATUITAS E REALIZADAS NO PERÍODO DE 02 a 20 DE MAIO
Quem preferir também pode fazer sua inscrição nos locais indicados abaixo.
Local das Inscrições:
FORMAÇÃO – Rua das Limeiras, Q D, Casa 14, Renascença
Fone: (98) 32277203
NOVOS LOCAIS DE INSCRIÇÃO SERÃO DIVULGADOS POSTERIORMENTE

16.5.11

Roseana e Washington anunciam construção de CETECMAs. Chapadinha será contemplada

Na manhã desta segunda-feira (16), a governadora Roseana Sarney lançou os editais para a construção de 11 novos Centros de Educação Tecnológica (CETECMAs) nos municípios de Balsas, Porto Franco, Rosário, Axixá, Bacabal, Chapadinha, Coroatá, Pindaré-Mirim, Santa Luzia, São José de Ribamar e São Luís, que terá uma Escola de Pesca, voltada para a formação de técnicos na área de embarcações. O investimento é de R$ 28 milhões de reais e a estimativa de atendimento é de mais de 50 mil alunos por ano em todo estado. Outras três unidades estão em fase final de construção em Carolina, Cururupu e Timon. O valor investido nessas obras é de R$ 5,1 milhões. O recurso é próprio do Governo do Estado.

Estiveram presentes no lançamento dos editais o vice-governador, Washington Oliveira; o secretário-chefe da Casa Civil, Luís Fernando Silva; o secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Bernardo Bringel; o presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo, além de secretários de estado, deputados estaduais e prefeitos dos municípios beneficiados.

Segundo a governadora Roseana Sarney, a construção dos centros atende mais um dos objetivos do governo ao atrair grandes projetos para o estado, que é capacitar mão de obra local aos investimentos na ordem de mais de R$ 100 bilhões previstos para os próximos cinco anos. “Já atraímos investimentos, agora estamos na etapa de preparar os jovens para competir e ocupar os novos postos de trabalho que estão sendo criados. Precisamos inserir o maranhense no novo contexto de desenvolvimento do Maranhão”.

A qualificação de mão de obra local proposta pelo Maranhão Profissional já começou. Atualmente, existem quase 20 mil jovens sendo capacitados nas diversas ações do programa.

“Os empreendimentos que chegam ao estado vão possibilitar a formação de 52 mil jovens maranhenses a cada ano, por meio dos Centros Tecnológicos. O programa reflete a preocupação do governo em distribuir aos maranhenses as riquezas geradas com os empreendimentos que estão se instalando no estado”, afirma o secretário-chefe da Casa Civil, Luís Fernando Silva.

Para o secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Bernardo Bringel, os cursos oferecidos vão atender às demandas do Maranhão Profissional e também dos municípios. “Vamos inserir o jovem de baixa renda no mercado de trabalho, por meio da profissionalização e qualificação”.

O município de Axixá é um dos beneficiados com um novo Centro de Educação Tecnológica, segundo a prefeita Sônia Campos a expectiva é grande pelo início da construção. “Crescimento e mais oportunidade para a juventude é isso que o governo vai trazer com o programa. A construção do centro é fundamental para a região do Munim, isso é um marco pela valorização do trabalho do maranhense”.

Centros

Serão dois tipos de unidades. Sete terão investimentos de R$ 3 milhões em área de 2.752 m2 (Axixá, Bacabal, Chapadinha, Coroatá, Pindaré-Mirim, Santa Luzia e São José de Ribamar). Três custarão R$ 1,7 milhão com área de 1.506,24m2 (Balsas, Porto Franco e Rosário). O valor da obra da Escola de Pesca é de R$ 2 milhões, com área de 1.852m2.

Todas as unidades terão um auditório de 100 lugares, uma biblioteca, uma sala de videoconferência (50 lugares), quatro salas de aula, quatro laboratórios práticos (química, biologia, física e informática), até dois laboratórios específicos (de acordo com a vocação da unidade), uma sala de professores, uma quadra de esportes, área de vivência e estacionamento.

Em todos os municípios as novas unidades do Cetecma terão uma vocação definida. Em Balsas, enfocará recursos naturais e produção industrial; já em Porto Franco seguirá o setor de produção alimentícia, hospitalidade e lazer; e em São José de Ribamar buscará atender às áreas de infraestrutura, produção alimentícia, recursos naturais e produção industrial. A Escola de Pesca trabalhará a produção alimentícia e os recursos naturais.

Outras ações

O governo também prevê outras ações dentro do Programa Maranhão Profissional. Nesta terça-feira (17), dois mil alunos iniciarão capacitação em cursos de eletricista, eletrônica, eletrônica de manutenção e eletrônica de telecomunicações.

Além disso, mais 1.000 maranhenses iniciarão curso na área de segurança do trabalho. Todos sairão prontos para ocupar vagas disponíveis no mercado.


Fonte: Secom

12.5.11

Dilma vai lançar programa de combate à miséria


O ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, afirmou nesta quinta-feira (12), ao participar do programa “Bom Dia Ministro”, transmitido para rádios de todo o país, que o governo federal vai criar em junho um programa destinado ao combate à miséria. Segundo o ministro, o programa deve atingir cerca de 16 milhões de pessoas.

"A presidente Dilma vai lançar a partir do mês que vem [junho] este programa que se chama Combate à Miséria. A nossa ideia é buscar esses 16 milhões de brasileiros que vivem abaixo da linha da miséria para fazer um programa dirigido para essa população. Queremos fazer uma política especial voltada para os catadores de material reciclável, que hoje se organizam em todo o Brasil e já evoluíram muito [...] E o morador de rua, particularmente, que não tem condição especial, ele será objeto de uma política especial nossa de acolhimento", disse o ministro.
De acordo com Carvalho, a partir da próxima semana, o governo pretende começar um diáloigo com as entidades sociais, especialmente com as igrejas, para apresentar a proposta do programa e receber sugestões.
"A presidente Dilma decidiu começar um programa de consulta à sociedade [...] É fundamental que as entidades dêem críticas, sugestões, para que possamos cumprir esta tarefa. O governo respeita muito essas sociedades. Isso é cidadania e o governo não quer dirigir sozinho o país", afirmou.
Carvalho ainda afirmou que o governo federal irá desenvolver um programa voltado para os jovens que deixaram o Ensino Médio e não conseguiram se qualificar. Segundo ele, o programa deve ser voltado mais para os jovens da região Nordeste, "onde há maior carência", disse.
Infraestrutura
O ministro reforçou que o governo seguirá realizando as obras de infraestrutura, apesar do corte de R$ 50 bilhões determinado para o orçamento. "Retomamos uma coisa muito importante que é o investimento em infraestrutura. Este ano foi necessário o que chamamos de um freio de arrumação, que foi o corte no orçamento. Este ano o investimento é menor, mas não significava um corte. A geração de empregos vai continuar", afirmou.

Fonte: G1

11.5.11

Prioridade à Juventude

Por Zé Dirceu

Nesta semana, estive em um debate organizado pela Juventude do PT em Minas Gerais sobre os desafios à política nacional de juventude. Saí do encontro mais convicto de que preparar o Brasil para o futuro passa por introduzir a juventude em nossas políticas públicas.

Não restam dúvidas do quanto avançamos no governo Lula: saímos de um profundo sucateamento das políticas públicas e alcançamos um patamar mínimo de valorização do jovem.

De fato, foram várias realizações: da reestruturação do ensino superior - com a construção de 14 novas universidades - ao Enem e ProUni, passando pela instituição do piso salarial do professor, pela entrega de 240 novas escolas técnicas, criação de 15 milhões de empregos e valorização do salário mínimo. Trata-se de um conjunto de ações que permitem devolver ao jovem esperança e perspectivas.

Contudo, há ainda muito por fazer até 2014. Na educação, os caminhos já foram indicados pela presidente Dilma Rousseff e abarcam políticas tanto para a infância como para a juventude. Por exemplo: fazer 6.000 novas creches; ampliar a Rede Cegonha, lançada em março, em Belo Horizonte; construir 200 novas escolas técnicas; e fortalecer a qualidade do ensino, com o aprimoramento e a formação de professores, mas também com medidas como o Programa Nacional de Acesso à Escola Técnica (Pronatec), que associa o Bolsa Família a um curso de formação profissional. Haverá R$ 1 bilhão no programa.

A educação é vital, mas é preciso envolver outras áreas.Articular as políticas com ações voltadas à Copa e às Olimpíadas é um caminho para legar um novo patamar de vida ao jovem. Nesse sentido, não podemos deixar para depois a reforma do SUS e o enfrentamento do crack, que se alastra nas grandes cidades, definhando parcela das próximas gerações. O Programa Nacional de Combate ao Crack, lançado no ano passado, tem o objetivo de atacar esse problema.

Ao mesmo tempo, é crucial combater a violência com saídas como as UPPs, mas também controlando melhor as fronteiras e com ações de inteligência que desarticulem as quadrilhas.
Nesse capítulo, há políticas sociais decisivas: vale-cultura, construção de quadras poliesportivas e laboratórios em escolas do ensino médio, estímulo ao empreendedorismo e valorização da produção cultural local e comunitária, que dão voz e identidade e ampliam a participação do jovem. Cito as experiências com grafiteiros na gestão do PT em São Paulo.

Finalmente, priorizar o transporte público, com melhoria na qualidade e quantidade dos ônibus, tarifas mais acessíveis e conjunção com metrô e trens. Isso é vital porque os estudantes passam muito tempo se locomovendo em veículos lotados e sem o mínimo de conforto que permita ler e estudar no trajeto, além de roubar tempo precioso de lazer e convívio social.

Olhar para o jovem agora e envolvê-los nas decisões é garantir o elo entre as diferentes gerações e, assim, o futuro do país.