29.4.11

Briga Política Deixa Funcionários do HCC Sem os Salários de Abril



Procurada por um funcionário do HCC que reclamava atraso no salário de abril, a prefeita Danúbia Carneiro demonstrou surpresa com a informação de que nenhum dos servidores da unidade de saúde havia recebido seus vencimentos, de acordo com a prefeita, como vem acontecendo todos os meses, o cheque foi assinado para que o pagamento deles fosse creditado junto com os demais servidores do município no dia 21. 

Reiterada a informação pelos funcionários, a prefeita pediu explicação à secretária de saúde, que confirmou o envio do cheque ao Hospital na data prevista. Mesmo assim a prefeita pediu maiores informações sobre o caso.

Ainda de acordo com a prefeita a informação obtida foi a de que o município tem duas obrigações financeiras com a instituição HCC: o pagamento dos funcionários e o aluguel do prédio. Sendo que segundo programação da Secretaria de Saúde do Município os aluguéis de todos os imóveis este mês serão pagos no dia 30 e que o atraso nos proventos do pessoal do HCC se deu porque o proprietário do imóvel utilizou parte dos recursos destinados aos funcionários para a quitação do aluguel.

O HCC é de propriedade do médico Levi Pontes – ex-secretário de saúde do município no governo Magno Bacelar e candidato derrotado por Danúbia nas últimas eleições. 

Para a prefeita a atitude do ex-secretário é típica de quem deseja boicotar a administração e a saúde por interesses partidários. “Lamento que o meu adversário da última eleição não tenha descido do palanque, anda fazendo protesto contra os problemas da saúde, mas quando tem a oportunidade de priorizar os funcionários, pensa primeiro no próprio bolso”, disse Danúbia.

A prefeita informou ainda que já determinou providências no sentido de garantir o pagamento dos funcionário o mais breve possível. 

O blog tentou – sem sucesso – ouvir, por meio telefônico, tanto o médico Levi Pontes quanto a secretária de saúde Maria José Coutinho.

Nenhum comentário: