17.2.11

Magno volta a tribuna e defende reajuste do salário mínimo

O deputado Magno Bacelar (PV) destacou vários assuntos, em pronunciamento realizado na sessão desta quinta-feira (17), na Assembleia Legislativa. O assunto principal foi a definição do salário mínimo, recentemente discutido no Congresso Nacional e que entrará em vigor em 1º de março. 

Bacelar disse que o valor proposto pelo governo federal é o mais adequado para a realidade financeira do país. “Tenho certeza absoluta que se o país tivesse condições de pagar R$ 600, como defende a oposição, com certeza teria feito”, disse o parlamentar. 

Ele frisou que o Brasil vive um momento delicado e, naturalmente, todo governo que está começando, tem que pensar em primeiro plano no cumprimento da Constituição Federal. “Sem o orçamento você não chega a lugar nenhum. É com o orçamento que a gente faz a saúde, a educação, a ação social e a segurança pública”, argumentou. 

Magno Bacelar lembrou que quando foi prefeito de Chapadinha deixou aquele município com o maior salário do Brasil. “Paguei o maior salário mínimo naquela oportunidade, porque Chapadinha tinha condições de pagar. Mas agora, a realidade é diferente”. 

Informações da Agência Assembleia

Nenhum comentário: