29.10.10

Zé Carlos, da CNB

É bom o deputado estadual eleito Zé Carlos (PT), ex-da Caixa, se preparar. Ele é o único dos três petistas que terão assento na próxima legislatura da Assembléia Legislativa do Maranhão a se declarar membro da CNB, ala petista comandada pelo vice-governador eleito, Washington Luiz, e pelo presidente do diretório estadual, Raimundo Monteiro, e pagará um preço alto por isso.

Começam a surgir ali e acolá notinha plantadas atacando-o "gratuitamente" nos veículos de comunicação "balaios". É o preço que se paga por ser da CNB.

A propósito. É grande a chande de Zé Carlos virar secretário de governo e o primeiro suplente do partido, o deputado não reeleito Valdinar Barros, assumir o mandato em acordo com o novo governo Roseana.

Nenhum comentário: