22.12.09

Rogério Ulysses expulso


A executiva regional do PSB se reuniu hoje e decidiu por unanimidade de 6 votos expulsar dos seus quadros o deputado distrital Rogério Ulysses.

O relator do processo na Comissão de Ética do partido foi Marcelo Dourado e na Comissão Executiva foi o também membro da direção nacional do partido Carlos Siqueira, o que faz com que o recurso que Ulysses tentará na instância superior tenha enorme dificuldade de ser deferido.

Presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Legislativa do Distrito Federal e deputado com ampla base na cidade de São Sebastião, Ulysses teve seu gabinete revistado pela Polícia Federal durante a deflagração da Operação Caixa de Pandora, que investiga um suposto esquema de pagamento de propina no governo Arruda envolvendo, além do próprio governador e o vice, deputados, secretários e empresas com contratos com o GDF.

Rogério Ulysses, que tinha reeleição virtualmente garantida, não poderá disputar nenhum cargo nas eleições de 2010 caso a decisão seja mantida.

Um comentário:

Arthurius Maximus disse...

Sou contra as expulsões. Acho que os partidos deveriam ser punidos por permitirem o ingresso de picaretas tão facilmente e serem condenados a devolver o dinheiro desviado pelos seus afiliados.