23.9.09

E a base do Arruda continua rachando

Com a aposentadoria do presidente do Tribunal de Contas do Distrito Federal, caberia à Câmara Legislativa indicar um nome para substitui-lo naquele tribunal. As articulações caminhavam para a indicação da deputada distrital Eliana Pedrosa (DEM), mas o governador Arruda decidiu que tinha que ser alguém de confiança dele (por que Eliana Pedrosa não é de confiança pro Arruda?).

De qualquer forma, o governador meteu na cabeça que tinha que fazer ministro do TCDF, o seu chefe de gabinete, Domingos Lamoglia, mesmo a indicação não sendo sua, mas da CLDF. Como sua base de apoio tem ampla maioria na Casa tudo parecia encaminhado, até porque a própria Eliana Pedrosa disse que retiraria seu nome da disputa.

Acontece que hoje, Eliana, que estava licenciada chefiando a Secretaria de Desenvolvimento Social, voltou a assumir o mandato e protocolou sua candidatura a conselheira do TCDF, em mais uma reviravolta do caso.

É dito na imprensa que a decisão da deputada é apenas para garantir que pleitos seus e de outros deputados aliados sejam atendidos pelo governo.

Pode até ser, mas se ela disputar pra valer faz um estrago.

A conferir.

Nenhum comentário: