24.6.09

Ouçam meus conselhos

Me esforço pra não virar neste blogue um comentarista de crise, até porque surge uma colada na outra.

É crise do Waldomiro, crise do mensalão, crise dos sanguessugas, crise do dossiê, crise da febre amarela, crise da dengue, crise econômica, crise da gripe aviária, crise da gripe suína, crise do Renan, crise aérea... tanta crise e a venda de jornais continua caindo.

Mas essa crise do Senado chegou a um ponto crítico.

Porém, o pior não é a Casa Alta do Congresso ter chegado ao fundo do poço, mais o fato de ficar ali rodando de um lado pro outro nesse fundo.

A maioria da Casa até se envergonha com a situação das coisas por ali, mas não quer mudar, só quer que não apareça nada. Se houvesse interesse em mudar alguma coisa não teriam eleito José Sarney (PMDB-AP), mas sim Tião Viana (PT-AC).

E a propósito, vamos para de falar em biografia de Sarney? Que biografia é essa que alguns buscam lembrar para lhe dar alguma credibilidade para seguir a frente do Senado?!

Sarney é um oligarca com bens inexplicáveis em seu nome e em nome de outros membros do seu clã, foi um apoiador da ditadura militar, abandonou o navio quando já afundava e acabou com a presidência da República caindo ao colo (bem feito, não poderia ser em momento pior).


Sarney devia ler o Blogue do Braga

Quando Sarney e Tião Viana estavam disputando a presidência do Senado eu disse que Sarney iria desistir. Não desistiu, mas deveria tê-lo feito.

Sarney já fora presidente da Casa duas vezes anteriormente, não precisaria ocupar esse cargo de novo para ter a influência que deseja ter junto ao governo, dentro do PMDB e onde ele tenha.

Sua eleição não foi uma vitória para si, mas para Renan Calheiros (PMDB-AL), quem continua dando as cartas.

O bigodudo não me ouviu e acabou virando presidente do Senado (bem feito, não poderia ser em momento pior).

Um comentário:

José Luis disse...

Braga,
Em troca de seu apoio ao presidente Lula, Sarney apresentou uma bela fatura. Pode ter certeza que não foi movido apenas por seu desejo de vingança por conta do que Serra aprontou com Roseana (caso Lunus), tampouco seu espírito público (?). Seu objetivo é acumular mais poder, aumentar o poder de barganha e, creio eu, consolidar seu império por mais dez gerações, às custas do sofrimento do povo do Maranhão. E o pior é que esse crápula ainda foi eleito pelo meu querido Estado, o Amapá. Ô desgosto!!!