11.10.06

Pesquisas importantes

Pode-se até duvidar da confiabilidade das pesquisas de intenção de voto, principalmente as estaduais, mas as mais recentes pesquisas são da maior importância. Mostram a largada do 2º turno, que é um período curto e com pouco tempo para viradas.

Por exemplo: Na disputa nacional Geraldo vinha ganhando força nas últimas semanas do 1º turno e fez muito petista ver a vitória de Lula escapando por entre os dedos, mas a nova pesquisa Datafolha mostra o tucano caindo e o presidente-candidato subindo, principalmente por conquistar votos em parcelas da sociedade que o próprio Alckmin é forte como a classe média e os com escolaridade do ensino médio. Agora, haverá tempo para o candidato neoliberal reverter a tendência de queda? Não creio.

Antes de falar das disputas estaduais penso nos motivos que levaram as pesquisas a esse resultado. O debate? Duvido, na visão do eleitor Lula nem deu show nem foi tão ruim quanto a grande imprensa quis induzir (mini flashback: Alckmin: Que moral tem o governo Lula para falar em ética? Lula: A moral de quem descobriu que 61% dos prefeitos denúnciados nos sanguessugas são do PSDB ou do PFL). Denúncias ficando velhas? Pode ser, o que pode fazer com que a oposição venha com uma nova acusação contra o governo, ou o PT, ou Lula (mais uma).

Nas pesquisas dos 2º turnos estaduais chamam a atenção as disparadas. Yeda Crusius (PSDB-RS) no Rio Grande do Sul e Eduardo Campos (PSB-PE) em Pernambuco largaram bem na frente. Dificilmente perderão.

No Paraná o equilíbrio é surpreendente. O atual governador Roberto Requião (PMDB-PR) e o senador Osmar Dias (PDT-PR) dividiram o estados em metade para cada um mesmo com o candidato a reeleição tendo sido o favorito até para vencer no 1º turno. Osmar já sai da eleição vitorioso.

Outra pesquisa interessante é a maranhense. Roseana Sarney (PFL-MA), perderia para o ex-prefeito de São Luís Jackson Lago (PDT-MA) segundo o instituto Toledo e Associados.
:O

Mas pesquisas são "apenas" o retrato do momento e o que importa mesmo é estar na frente no dia 29. Quem viver verá.

Nenhum comentário: