22.10.06

Disputa por cargos

Virtualmente definida a eleição presidencial já começam as disputas por cargos num segundo governo.

O ministro da Guido Mantega parece que será substituido. O favoritos para assumir são o presidente da Petrobrás Sérgio Gabrielli, mas tem contra ele o desgaste que sofreu com a nacionalização do gás boliviano, e o prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel, que tem contra ele o fato de ter que renunciar ao cargo que ocupa hoje.

Procura-se espaço para o governador do Acre Jorge Viana. O ideal seria ele assumir a Casa Civil, mas o presidente está covencido de que a escolha de Dilma Rousseff para substituir José Dirceu na época da crise do valerioduto não poderia ter sido melhor.

Não creio que haja desposição de Lula nem para diminuir o número de ministérios, nem de acolher os companheiros derrotados nas urnas.

E do lado de lá? Alckmin, mesmo derrotado, sairá da eleição maior do que entrou. Nas entrelinhas dos seus discursos já lançou tanto José Serra quanto Aécio Neves como pré-candidato a presidente na eleição de 2010 e com isso pode ser escolhido como novo presidente do PSDB.

Um comentário:

Anônimo disse...

Seria interessante manter a prudência... É um erro considerar a eleição como ganha antes das 17:00 do dia 29 de outubro de 2006... Cautela, cautela...