9.10.06

Debate da Band

Quem foi melhor? Bem, é natural que cada eleitor que já decidiu seu voto ache que seu candidato foi melhor e eu não saiu desta regra.
Faltou Lula falar sobre o ProUni, um dos melhores programas do seu governo, mas respondeu as perguntas que lhe foram feitas com exceção de uma: "De onde veio o dinheiro para comprar o dossiê?". Não respondeu porque não sabe a resposta, mas foi contundente ao dizer que não quer saber só de onde veio o dinheiro, mas a história completa da "operação tabajara" e o conteúdo do dossiê. Não deveria ter perdido a paciência no 2º blog como acabou fazendo, mas mesmo assim foi melhor.
A novidade do debate foi a estréia do estilo chuchu apimentado de Alckmin. Em alguns momentos deixou a firmeza virar agressividade. Isto não é bom. Ele está saindo do estilo que lhe consagrou até agora e faz com que ele, desde já, saia vencedor do processo eleitoral. Mesmo se perder, levar a disputa para o 2º turno já foi um conquista para ele.
A discussão de escândalos e acusações não serve a Alckmin. Nem o mensalão, que o povo acredita que aconteceu, está fazendo Lula perder voto imagina essa história de dossiê. O chuchu tem que tirar votos do presidente e para isso não pode ficar dizendo que eles são bem diferentes. Se ficar limitado a seduzir os que votaram em Heloísa Helena, Cristovam Buarque e afins ele terá de conquistar mais de 85% destes votos.
A discursão sobre segurança foi ótima. Geraldo falou, falou, falou e Lula respondeu: "Você acha que alguém acredita nisso?". Os ataques do PCC em São Paulo ficaram muito mais marcados do que os índices ditos pelo ex-governador. Diga o que disser Alckmin não vai convencer o eleitor no assunto segunrança.
Outro momento memorável foi a observação que Lula fez sobre a ausência de FHC. Olhou para onde estava os PSDBistas na platéia e disse: "Engraçado, vocês não trouxeram o Fernando Henrique hoje aqui. Por que? Vergonha?". Colar a imagem de Alckmin a do ex-presidente é uma boa estratégia observada a rejeição que o povo tem a FHC.
Ninguém ganhou votos com esse debate, mas ele serviu como marco para o começo da disputa no 2º turno e para mostrar qual será o tom da disputa nesta reta final.

OBS: Todo mundo comentou o debate como se fosse uma luta de boxe. "Alckmin foi ao ringue..." "Alckmin podia ter fustigado com jabs de direita" "Lula ganhou dois rounds". Que bando de alusões ultrapassadas.

OBS2: Dois trechos do Blog do Noblat sobre o debate:
"Quer dizer, o eleitor de cada candidato acha que o seu foi melhor do que o outro."
"minha sensação é a de que Alckmin se saiu melhor do que Lula"
E ele insiste que não está apoiando ninguém neste 2º turno. Tá certo então...

4 comentários:

Daniel Goulart disse...

Jogo de cena

Estou cada vez mais convencido da inutilidade dos debates nos formatos atuais. Vale a palavra mais dura, a gracinha mais agressiva e por aí vai, ou melhor, não vai. Vi ontem um jogo de números e frases produzidas por marketeiros. Muitas palavras e pouco conteúdo. É inútil para mim mas pode encantar quem considera emocionante.

dnd disse...

po o Lula foi otimo, diferente do alckmin q passou o programa com seus ataques pessoas i poucas propostar foram discutidas, apesar do alckmin ter falado alto i pah ele mostro que ainda tem um longo caminho pela frente i nao ta pronto praser o presidente do Brasil. A band tbm vo ti fala paga pau do alckmin.

;D

Luiz Eduardo disse...

É verdade. Estána hora de se discutir mudanças no formato dos debates.

E como a Band defende o Alckmin. Não deram o direito de defesa no pedido do Lula quando ele foi chamado de mentiroso. Parece que isso não é ofensa né?!

erikasayanne disse...

Muito bom seu blog querido. Arrebentou!!!!!!!!! Mil beijinhos. LULA pelos pobres e para os pobres.