8.9.06

Fim do voto secreto (se eles deixarem)


Nessa semana, intitulada semana de exforço concentrado, a Câmara dos Deputados limpou a pauta da casa que estava trancada com 20 MP's, que têm prioridade máxima para serem votadas e não deixavam que mais nada fosse aprovado.

A votação mais importante foi a que decidiu acabar com o voto secreto em todas as votações no Congresso. Segundo este projeto não há exceções, em todas as votações o eleitor poderá saber como seu representante está votando na Câmara e no Senado, porém tem gente que não gosta disso. O líder da oposição na Câmara, José Carlos Aleluia (PFL/BA), ainda quer o voto escondido. Ele defende que ninguém saiba como os parlamentares votam para eleger os presidentes da Câmara e do Senado. Foi com o voto secreto que ele articulou a eleição de Severino Cavalcanti para presidir a Casa do Povo só para ter o prazer de derrotar o governo naquela eleição colocando as questões político-eleitorais a frente das questões de Estado. Vamos falar sério, a eleição do Severino foi um atentado contra o próprio Parlamento e agora eles querem manter o voto secreto para continuar essa prática.

Nenhum comentário: