8.9.06

Carta aberta de FHC


O ex-presidente FHC publicou ontem uma carta aberta intitulada "CARTA AOS ELEITORES DO PSDB". Pra começar: Que eleitores!? hehehe
Na carta, o tucano praticamente admite a derrota nas eleições de outubro próximo: “Nós do PSDB não fomos suficientemente firmes na denúncia política de todo esse descalabro no momento adequado. Não será agora, durante a campanha eleitoral, que conseguiremos despertar a população". E mais a frente completa: "Ainda que o eleitorado não nos acompanhe neste momento, deixaremos as marcas de nosso estilo, de nossas atitudes, para calçar um futuro melhor para o país”.
Em outro trecho o presidente da privataria assume que o ex-presidente do PSDB, senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), também bebeu da fonte do valerioduto. Erro que quando cometido por membros do PT gerou uma crise e uma perseguição política poucas vezes vistas. "Erramos no início, quando quisemos tapar o sol com a peneira no caso do senador Azeredo”, disse.

Tão esforçado em entrar para a história com o aposto “um democrata”, FH mais parece “o excluído”. O próprio partido que ele fundou o deixou de lado nesta campanha, sua imagem só espanta voto. E não é pra menos. Grande sociólogo, nascido nos berços da classe média alta, estudante da escola de Sorbonne, em Paris, FH teve dois governos com resultados piores dos que o de um metalúrgico que concluiu apenas o ensino fundamental e tem um dedo a menos.
Pela sua história como sociólogo, resistente ao regime militar, defensor das “Diretas Já” e fundador de um partido bem intencionado, pelo menos na sua fundação, Fernando Henrique não precisava entrar nesse joquinho de perseguição política, mas quando o faz, principalmente quando crítica o presidente Lula por não fiscalizar o governo, e isso não é papel de presidente da república, FHC acaba colocando a própria imagem em cheque.
Malhar o ex-líder sindical por não ter visto as irregularidades que de fato ocorreram nos remete à idéia de que ele sabia de tudo o que se passava em seu governo. Sabia então da compra de votos para a aprovação da emenda constitucional que instituiu o instrumento da reeleição? Sabia então do caso dos bancos Marka e FonteCindam? Sabia então do tráfico de influência nas privatizações da Telebrás? Sabia que dar a Companhia Vale do Rio Doce por R$ 3,3 bi seria um prejuízo anual de mais R$ 7 bi? Sabia da corrupção na Sudam e na Sudene? Sabia que passaríamos pelo apagão e nada fez para evitar? É melhor mudar o discurso FH.

Nenhum comentário: