11.8.06

Entrevistas no JN

Vi e revi todas as entrevistas dos precidenciavéis no JN. Os destaques foram os entrevistadores. Apertaram, ou pelo menos tentado apertar, todos os candidatos sem destinção de coloração partidária. Por isso os dois candidatos que estão a frente nas pesquisas sofreram mais, tinham mais explicações a dar. Não que Heloísa Helena também não tivesse que explicar as contradições de uma auto-intitulada esquerdista que se alia a ACM no Senado e Cristovam não tivesse que falar de algum outro assunto que não fosse educação (mesmo sendo um assunto importante não é o único assunto para um candidato a presidente).
Lula estava tenso, devia ter usado mais do seu característico carisma, devia ter sorrido mais, não precisa chamar o William de "meu amor" nem a Fátima de "minha flor", mas ele parecia incomodado com o assunto abordado, e claro que é incômodo, mas já era esperado que seria esse o tema da entrevista.
As próximas pesquisas devem mostrar uma oscilação negativa de Lula, não pela entrevista, mas ele está muito alto, é natural perder um ou dois pontos. Alckmin deve cair mais um pouco também e Cristovam e principalmente HH devem crescer.
Cada dia que passa fico mais convencido que ela passará Alckmin.

OBS: Porque diabos chamaram o Lula apenas de candidato? Eu hein... Estariam previlegiando-o chamando-o de presidente!?

Nenhum comentário: